Cadernos de Letras da UFF – Dossiê: Linguagens em diálogo, nº 42, 2011, p. 35-50.
Canção e Oscilações Tensivas
Estudos Semióticos, www.fflch.usp.br/dl/semiotica/es, vol. 6, nº 2, nov., 2010, p. 14-21.
A palavra na música
(em col. com Ivã Carlos Lopes), In: Revista Língua Portuguesa (Especial Música & Linguagem), 2010, pp.6-11.
A Extinção Que Não Se Acaba – ‘Nenhum, Nenhuma’
Alfa:Revista de Linguística, São Paulo, 53(2), 2009, pp. 405-427.
In: O Estado de S. Paulo (Aliás), 17/08/2008, p. J 6.
Muito Menos e Muito Mais: Análise de Nome, de Arnaldo Antunes
Todas as Letras: revista de língua e literatura, vol. 9, nº 1, 2007, pp. 61-68; Graphos: revista da pós-graduação em letras UFPB, Vs. 10/11, números 2/1, 2008/2009, pp. 47-55.
Hjelmslev e as bases tensivas do semi-simbolismo
Documento de Estudo nº 5, Centro de Pesquisas Sociossemióticas (2007), pp. 11-71.
In: O Estado de S. Paulo (Aliás), 31/12/2006, p. J 17.
‘As Vitrines’ de Chico Buarque: exercício de análise
em col. com Ivã Carlos Lopes, In: Significação nº 25, AnnaBlume, 06/2006, pp. 25-51.
In: Cult, nº 105, Ano 9, 2006, pp. 54-58.