The extension as grammar: Zilberberg, Webern and João Gilberto
In: BACAB, 2ª série, São Paulo, Centro de Estudos Semióticos, 1994, Vol. 1, nº 2, 23p.
Semiótica da canção: manifestação das categorias temporais
In: Cruzeiro Semiótico, Porto, Associação Portuguesa de Semiótica, 1992.
Tempo e tensividade na análise da canção
In: Cadernos de Estudo: Análise Musical III, São Paulo, Atravez, Outubro de 1990.
Canção, estúdio e tensividade
In: Revista USP, São Paulo, Coordenadoria de Comunicação Social da USP, dez. 1989, jan. e fev. 1990, nº 4, p. 41.
Elementos para a análise da canção popular brasileira
In: Cadernos de Estudo: Análise Musical I, São Paulo, Atravez, outubro de 1989.
Considerações sobre o sentido da canção popular
In: Curso de Extensão Universitária: Lingüística e Ensino: Teoria e Prática, Publicação do Departamento de Lingüística da FFLCH-USP, 1988, p. 85.
Talleres Latinoamericanos e semiótica da canção popular
In: Significação (Revista Brasileira de Semiótica) nº 7, Centro de Estudos Semióticos, 10/1987, p. 19.
A enunciação da canção popular nos limites da narratividade
In: Significação (Revista Brasileira de Semiótica), nº 6, Centro de Estudos Semióticos, 1987, p. 23.
Conceição: exercício de análise sêmio-narrativa e sêmio-discursiva
In: Significação (Revista Brasileira de Semiótica), nº 5, Centro de Estudos Semióticos, 06/1985, p. 86.
Antecedentes dos independentes
In: Arte em Revista nº 8, São Paulo, CEAC (Centro de Estudos de Arte Contemporânea), 10/1984, p. 30.